Saúde Animal

Saude Animal

Saúde Animal

Braco de Auvergne




caes_logo

braco_auvergne(Braque d’Auvergne)

Segundo alguns cinófilos, trata-se de uma raça autóctone ou, pelo menos, lograda através de uma série de cruzamentos oportunos a partir do braco francês de tipo tradicional. Segundo outros, seria, na realidade, uma raça importada: a sua opinião é que este braco foi introduzido em Auvergne por alguns cavaleiros de Malta quando regressaram à sua patria em 1798, ano em que Napoleão, depois de haver ocupado a ilha, decredtou a dissolução da Ordem.

PADRÃO DA RAÇA- Bruno Tausz –
BRACO DE AUVERGNE
(Braque d’Auvergne)

Padrão FCI nº 180 de 13 de maio de 1997 / P.
braque-auvergneData da publicação: 21-06-1965
Origem: França;
Nome de origem: Braque d’Auvergne;
Utilização: caça.
Classificação FCI — Grupo 7 – Cães de aponte
Seção 1.1 – Cães de Aponte Continentais, Tipo Braco.
Com prova de trabalho.

ASPECTO GERAL – de um animal robusto, com membros fortes e boa ossatura, ainda que sem aspecto pesado. Apesar de ter as características típicas do braco, conserva sem dúvida, certa esbelteza e elegância que ficam acentuadas pela beleza da sua pelagem. A firmeza dos tecidos conjuntivos e a força do sistema muscular revelam um cão ativo e muito forte.
– –
PROPORÇÕES – (padrão não comenta).
– –
TALHE – altura na cernelha: machos de 57 cm a 63 cm;
fêmeas de 55 cm a 60 cm.
– – comprimento: (padrão não comenta).
– peso: (padrão não comenta).
– –
TEMPERAMENTO – (padrão não comenta).
– –
PELE – bastante fina e algo frouxa, ainda que não demasiado. Salpicada de branco e preto.
– –
PELAGEM – curta, não muito fina, nunca áspera, ainda que brilhante.
– –
COR – aceitam-se duas cores de pelagem:
· Pelagem clara: branco com manchas pretas e mais ou menos salpicado.
· Pelagem escura: encarvoado (sombreado), produto da mistura do branco e do preto. Se os pêlos encarvoados predominam, conferem o tom de cinza encarvoado à pelagem.
A cor predileta de pelagem é de fundo branco com manchas de um preto azulado e manchinhas pretas abundantes (mosqueado). As grandes manchas e as manchinhas mosqueadas apresentam em todo o seu contorno conferindo-lhe um reflexo azul, cor resultante da mescla do pêlo preto, azul e branco. A cabeça deve apresentar marcas pretas, de maneira que os olhos estejam situados na parte de color negro; lista branca o azul.
– –
CABEÇA – larga. a trufa se situa no prolongamento da cana nasal. Os lábios são bastante bem desenvolvidos, os lábios mais para substanciais conferindo às bochechas o formato quadrado do focinho.
Crânio – a parte posterior é ovalada. A cana nasal é bem desenvolvida sem excesso, sem ser muito larga.
Stop – marcado, mas não muito acentuado.
Focinho – Cana nasal bem longa e reta.
Trufa – Sempre de cor Preta. Bem grande, brilhante e sobressai um pouco adiante dos lábios. As narinas são bem abertas e estão situadas no prolongamento da cana nasal.
Lábios – são bastante bem desenvolvidos e ajustados, de modo a formar um focinho bem quadrado.
Mordedura – bastante fortes e de comprimento uniforme; os dentes são fortes e brancos.
Olhos – bem grandes e bem inseridos nas órbitas. Sua cor é avelã escuro; o olhar é enérgico. As pálpebras devem ser pretas e a conjuntiva não deve ser aparente.
Orelhas – de inserção baixa, no nível da linha dos olhos, e bem portadas para trás, de maneira a destacar a curvatura do crânio. A pele é elástica, brilhante, flexível e delicada. As orelhas são algo enroladas e bem largas, sem ser demasiado. Parecem mais largas do que realmente são em virtude da inserção baixa, emolduram bem a cabeça sem se afastar demasiado.
– –
PESCOÇO – preferencialmente longo e bastante poderoso, principalmente na inserção com os ombros, ligeiramente arqueado, desejável alguma barbela, sem ser excessiva.
– –
TRONCO –
Cernelha – bem saliente.
Dorso – (padrão não comenta).
Peito – bem profundo no mínimo até o nível dos cotovelos. O antepeito é bem amplo, em proporção a sua profundidade. As costelas são arredondadas, ainda que não em excesso.
Costelas – (padrão não comenta).
Ventre – o flanco é plano e algo esgalgado.
Lombo – curto, ligeiramente arqueado, amplo e musculoso.
Garupa – larga, com ossos visíveis e não muito caída. La ponta do ísquio é ligeiramente saliente. Poderosa e bem musculada.
– –
MEMBROS
Anteriores – retos. As articulações são largas e os ossos bem desenvolvidos.
Ombros – bem inclinados, sem ser pesados, bem musculados; seu movimento é livre. A escápula é curta e reta.
Braços – (padrão não comenta).
Cotovelos – bem baixos, e corretamente direcionado para a frente.
Antebraços – fortes e musculados.
Carpos – (padrão não comenta).
Metacarpos – retos, curtos e fortes.
Patas – bem curtas, entre pé de lebre e pé de gato. São compactas, com dígitos muito juntos; as unhas são grossas e curtas. Almofadas plantares duras e resistentes. As patas devem estar corretamente direcionadas para a frente.
– –
Posteriores – fortes. Os ossos e as articulações são robustos.
Coxas – bem musculadas e bastante grossas.
Joelhos – (padrão não comenta).
Pernas – (padrão não comenta).
Metatarsos – (padrão não comenta).
Jarretes – fortes, não muito angulados.
Patas – bem curtas, entre pé de lebre e pé de gato. São compactas, com dígitos muito juntos; as unhas são grossas e curtas. Almofadas plantares duras e resistentes. As patas devem estar corretamente direcionadas para a frente.
– –
Cauda – de grossura média. Se apresenta quase alinhada com a escápula, portada horizontalmente. A cauda deve ser amputada ao menos nos dois terços, o comprimento desejado fica entre 15 e 20 cm.
– –
Movimentação – (padrão não comenta).
– –
Faltas – avaliadas conforme a gravidade.
· Cabeça: demasiado curta ou demasiado longa. Bochechas Cheias (falta freqüente). Stop muito marcado, ou no insuficiente. Lábios demasiado delgados ou demasiados grossos. Cana nasal muito curta ou arqueada. Trufa pontiaguda.
· Crânio: estreito, plano o muito largo. Ossos parietais demasiadamente desenvolvidos. Stop muito ou insuficientemente marcado.
· Trufa: de cor indefinida, com indício de despigmentação, pontiaguda, pequena, inserida demasiado alta o levantada.
· Lábios: muito delgados, muito grossos; demasiado curtos, abaixo da trufa dando uma forma pontiaguda ao focinho.
· Maxilares: de comprimento desigual; a maxila sobressai da inferior (prognatismo superior); a mandíbula sobressai com relação à maxila (prognatismo inferior). Dentes mal inseridos o com cáries.
· Olhos: demasiado pequenos ou protuberantes. Demasiado claros ou manchados. Despigmentação nas pálpebras; conjuntiva aparente; sobrancelhas brancas.
· Orelhas: de inserção muito alta e plana. Grossas, muito curtas, portadas para atrás ou muito ajustadas à cabeça. Orelhas portadas para a frente ou que não enroladas.
· Pescoço: muito curto, grosso, muito fino ou com excesso de barbela.
· Escápula: muito longa, funda.
· Lombo: selado, plano, delgado o frouxo.
· Garupa: muito reta, caída, delgada, larga, de musculatura insuficiente. A ponta da nádega demasiado saliente.
· Peito: antepeito muito largo ou muito estreito. Peito insuficientemente profundo, fundo sob os braços e que não atinge pelo menos os cotovelos. Costelas planas; falsas costelas insuficientemente largas.
· Cauda: portada verticalmente, demasiado alta ou demasiado baixa. Inserção muito alta ou baixa, muito curta. A cauda longa não cortada não constitui uma falta grave, porém se recomenda a cauda cortada.
· Ombros: muito retos ou muito oblíquos. Demasiado juntos ou delgados; muito grossos e pesados; escápulas demasiado separadas na cernelha.
· Membros anteriores: encurvados, longos, desviados para dentro ou para fora. Cotovelos soltos. Ossos delgados, aprumos defeituosos.
· Membros posteriores: Coxas planas, delgadas, de musculatura insuficiente. Metatarso longo. Jarretes muito afastados, muito retos e juntos. Coxas separadas que se desviam para fora durante a movimentação.
· Patas: longas e achatadas. Dígitos demasiado longos, separados e delgados. Patas desviadas para dentro ou para fora durante a movimentação.
· Pele: muito forte, grossa ou fina. Demasiado ajustada ao corpo.
· Pêlo: muito fino, muito forte ou longo em excesso.
· Pelagem: muito branco, sem ser mosqueado. Marcas na cabeça não uniformes, pela qual um dos olhos se apresenta sobre a cor branca.
– –
Faltas graves – (padrão não comenta).
– –
DESQUALIFICAÇÕES – as gerais e mais:
· Cauda congenitamente curta, desviada ou quebrada.
· Ergôs.
· Marcas cor castanho.
· Marcas em tom de pão queimado nas bochechas.
· Os cães que apresentam marcas inconfundíveis cor castanho serão eliminados sem receber premiação. Os que apresentarem unicamente um leve reflexo de pão queimado poderão, sobre todo na classe jovens e se seu tipo e qualidade o permitem, obter menções, ainda que não poderão esperar prêmio algum.
· Indícios evidentes de mestiçagem com o pointer.
– –
NOTA: os machos devem apresentar dois testículos de aparência normal, bem desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.

Lucia Helena Salvetti De Cicco
Editora Chefe e Diretora de Conteúdo