Saúde Animal

Saude Animal

Saúde Animal

Cairn Terrier




caes_logo

cairn_terrier5NOME EM INGLÊS: Cairn Terrier
ORIGEM: Grã-Bretanha
UTILIZAÇÃO: Caça
GRUPO:3
TAMANHO: 28 a 31 cm
PESO: 6 a 7.5 kg
ASPECTOS GERAIS: ativo, valente, forte e compacto, com movimento ágil e livre, empreendedor e resistente
PELAGEM: dura, mas não grosseira, com subpelo suave, denso e curto. As cores aceitas são areia, cinza-rajado, vermelho, sal e pimenta ou quase preta.
LONGEVIDADE: 14 anos
TEMPERAMENTO: tranquilo, companhiero, alegre e fiel
ATIVIDADE FISICA: necessidade moderada
GROOMING: moderado
APARTAMENTO: sim

cairn_terrier1Parece indiscutível que o cairn é a raça escocesa mais antiga, talvez a progenitora de todas as demais, embora somente em 1909 entrasse a formar parte da cinofilia oficial. Mas também é certo que já existia no tempo de Maria Stuart da Escócia e de seu filho James VI.

Os cairn de então não tinham mais de 25 cm de altura: pretos ou cor de areia; bastava somente uma mancha branca – sinal seguro de cruzamento – para descartar a um exemplar.

A missão do cairn era a de matar, na toca, após as e outros animais nocivos que achavam refúgio nas fendas rochosas da região, chamadas em língua celta “cairn”.

Algumas modificações foram aportadas logo ao tipo original do cairn terrier, coma intenção de melhorá-lo esteticamente e torná-lo mais aceitável para o grande público. Esta raça gozou, e goza ainda, de grande popularidade, tanto que entre as terrier é a mais numerosa no que diz respeito à inscrição no Livro das Origens inglês. Esta muito difundida, também nos Estados Unidos e no Canadá.

Cão de caráter alegre, tranqüilo, que realiza maravilhosamente bem as tarefas de companhia, segue sendo por excelência caçador na toca, graças aos seus permanentes dotes naturais.

cairnterrierPADRÃO DA RAÇA – Bruno Tausz

ASPECTO GERAL: ágil, alerta, habilidoso, apresentado ao natural. Firme nas patas dianteiras. Posteriores poderosos. Peito profundo, bem fluente na movimentação. Pelagem resistente às intempéries.

CARACTERÍSTICAS: deve impressionar por sua atividade, habilidade na caça e audácia.

TEMPERAMENTO: coragem e alegria e disposição; impetuoso, porém não agressivo.

cairn_terrier3CABEÇA: bem provida de pêlos, pequena, mas proporcional ao corpo.
Crânio: largo; uma evidente interrupção entre os olhos.
Stop: definido.
Focinho: poderoso, mandíbula forte, sem ser longa ou pesada.
Trufa: preta.
Olhos: bem separados, de tamanho médio, avelã escuros. Inserção moderadamente profunda, com sobrancelhas cerradas.
Orelhas: pequenas, pontudas, bem portadas e eretas, inseridas não muito juntas, de pelagem leve.
Maxilares: fortes, dentes grandes. com uma mordedura em tesoura perfeita, regular e completa, isto é, os dentes superiores ultrapassando e tocando levemente os inferiores e inseridos perpendicularmente aos maxilares.

PESCOÇO: bem inserido, não sendo curto.

TRONCO:
Dorso: de nível, tamanho médio.
Costelas: bem arqueadas;
Lombo: forte e flexível.

cairn_terrierMEMBROS
ANTERIORES: espáduas oblíquas, pernas de comprimento médio, ossatura bem desenvolvida sem ser muito pesada. Anteriores nunca devem expulsar os cotovelos. Pernas revestidas de pêlos ásperos.

POSTERIORES: coxas muito fortes e musculadas. Boa angulação de joelhos, sem ser excessiva. Jarretes curtos e, vistos por trás, aprumados e corretamente direcionados para a frente.

PATAS: anteriores maiores que as posteriores, podem ser, ligeiramente, voltadas para fora. Almofadas plantares grossas, dotada de sola bem resistente. Patas finas, estreitas ou abertas e unhas longas, são indesejáveis.

CAUDA: curta, proporcional, bem revestida de pêlos, sem ser franjada. De inserção média, portada acima da horizontal mas, sem curvar-se sobre o dorso.

MOVIMENTAÇÃO: passadas bem livres e fluentes; os anteriores com bom alcance de passadas. Os posteriores fornecendo forte propulsão. Jarretes trabalhando com afastamento moderado.

PELAGEM: muito importante. Resistente a intempéries. Dupla, com a pelagem externa profusa, áspera, sem ser rústica; o subpêlo é curto, macio e cerrado. A pelagem aberta é indesejável. Permitidas suaves ondas.

CORES: creme, trigo, vermelho, cinza ou quase preto, podendo ser rajadas. Áreas pretas, nas orelhas e focinho, fazem parte da tipicidade da raça. Inaceitáveis as cores preto, branco sólido, ou preto e canela.

TALHE: aproximadamente, 28 – 31 cm de altura, na cernelha mas, sempre em proporção ao peso ideal de 6 – 7,5 quilos.

FALTAS: qualquer desvio, dos termos deste padrão, deverá ser considerado como falta, e penalizado na exata proporção de sua gravidade.

NOTA: os machos deverão ter dois testículos, de aparência normal completamente descidos na bolsa escrotal.

Lúcia Helena Salvetti De Cicco
Editora Chefe e Diretora de Conteúdo