Saúde Animal

Saude Animal

Saúde Animal

Mais um membro na família!




caes_logo

Você pretende trazer mais um cãozinho para casa? Então confira algumas dicas importantes na apresentação dos cães para que o novo membro seja sempre bem-vindo

Apresente os cães em local neutro

A tendência é que os cães fiquem mais agressivos e queiram defender o território onde vivem. Por isso, o mais indicado é que os primeiros encontros sejam feitos em local neutro, como na rua, por exemplo. Os cães devem ser conduzidos por pessoas diferentes, mantendo sempre uma distância segura para uma possível demonstração de hostilidade possa ser rapidamente inibida.

Aproxime-os aos poucos

Depois que os cães se demonstrarem calmos à distância, eles podem ser aproximados aos poucos. A partir do local onde estão, inicia-se uma caminhada lado a lado para evitar que os cães se encarem. Andando sempre lado a lado, os condutores reduzem aos poucos a distância. Caso haja alguma demonstração de agressividade, o treino deve ser interrompido e iniciado novamente na fase anterior. O treino só evolui quando os cães se mostrarem totalmente pacíficos durante o passeio.

É muito importante também recompensar todas as atitudes corretas dos cães, durante todas as fases da apresentação. Ao receber petiscos e carinho ao se comportar bem, o cão entende que essa é uma boa atitude e tende a repetir o comportamento desejado, além de entender que o condutor é que está no comando, passando confiança ao cão.

Dividindo o mesmo território

Os cães já estão se aceitando bem, então chegou a hora de colocá-los no ambiente onde viverão daqui para frente. Porém, antes disso prepare o local retirando comida e qualquer objeto que possa gerar disputa, como ossos e brinquedos. È aconselhável também fazer um longo passeio, até deixar os peludos cansados.

Mas atenção, os cães só ficam juntos após a apresentação ter sido concluída: enquanto não terminarem os exercícios de aproximação, os cães não devem ser postos juntos ou de maneira que possam se ver. Provocações podem anular o treinamento feito até então e tornar os cães ainda mais agressivos. Uma única briga entre os cães pode torná-los inimigos para sempre.
Essas dicas valem inclusive quando o novo membro for um filhote. E se você já tiver mais de um cão em casa, o mesmo procedimento deve ser feito individualmente com todos os cães.
Se você não se sentir confiante suficientemente para fazer todas as etapas do treinamento, procure o auxílio de um adestrador para que todo processo seja conduzido de forma segura para você e seus animais.

Até a próxima!

Texto: Tarsis Ramão (adestradora Equipe Cão Cidadão)
Revisão e Edição Final: Alex Candido