Saúde Animal

Saude Animal

Saúde Animal

Cimarrão




caes_logo

cimarron2Origem: Uruguai
Utilização:
Excelente para o trabalho com o gado bovino, caça de grande porte, vigia e defesa.
Classificação:
Grupo 2: Cão tipo pinscher, schnauzer, molossos e boiadeiros Suíços.
Secção 2.1 Molossos, tipo Dogue.
Sem prova de trabalho.

cimarron10SUMÁRIO HISTÓRICO:
O vocábulo “cimarrón” se aplica na América a todo animal ou planta silvestre em contraposição ao doméstico.
A origem do “Cimarrão Uruguaio” é incerta. Sabe-se que descende dos cães introduzidos pelos conquistadores ibéricos, tanto espanhóis quanto portugueses. Muitos desses cães foram abandonados e de seus cruzamentos, as características, assim como o talhe uma serra ou uma toca, caprichosamente foi fazendo o mesmo com estes cães até chegar ao “Cimarrão Uruguaio” de hoje.
Essa seleção natural resultou que só puderam sobreviver os mais aptos, os mais astutos, os mais fortes.
Os habitantes da região reconheceram o valor destes cães, os amansavam e de maneira progressiva começaram a utiliza-los muito eficazmente como guardiões de seus estabelecimentos e no trabalho diário com o gado bovino.

PROPORÇÕES IMPORTANTES:
– Um pouco mais longo que alto dando a impressão de um retângulo moderado.
– Altura na cernelha igual que a altura na grupa.
– Comprimento do focinho ligeiramente mais curto que o do crânio.

cimarron8ASPECTO GERAL:
O Cimarrão Uruguaio é um cão de porte médio, forte, compacto, com boa ossatura, musculoso e ágil.

TEMPERAMENTO – COMPORTAMENTO:
É equilibrado, sagaz, inquisitivo e de grande coragem.

CABEÇA:
Molosso lupóide. Poderosa, com forma tronco-piramidal.

Região craniana:
Crânio: mais largo que longo; occipital pouco acentuado.
Stop: moderado

Região facial:
Trufa: ampla, preta.
Focinho: moderadamente longo e ligeiramente mais curto que o crânio.
Lábios: o lábio superior cobre o inferior sem ser pendente.
Maxilares e dentes: maxilares fortes, poderosos e bem definidos. Dentadura forte, alinhada e completa. (42 dentes de acordo com a fórmula dentária). Mordida em tesoura (a face externa dos incisivos inferiores encaixa verticalmente com a face interna dos incisivos superiores) Bochechas: bem desenvolvidas.
Olhos: médios, amendoados, sub-frontais. De olhar inquisidor. Cor marrom quanto mais escuros melhor. Pálpebras ajustadas e totalmente pigmentadas.
Orelhas: de tamanho médio, de inserção média, triangulares, caindo para os lados separadas do crânio. Pode-se cortar em forma arredondada, semelhante à orelha do puma e sem ultrapassar a metade de seu comprimento.

PESCOÇO:
Forte, musculoso, não muito longo.

TRONCO:
Linha superior: altura na cernelha igual que a altura na garupa. O dorso nivelado o levemente selado.
Cernelha: bem definida.
Ombros: fortes, musculados e com boa inclinação.
Lombo: curto, forte e ligeiramente convexo.
Garupa: de bom comprimento e larga. Inclinada 30º relativamente à horizontal. Sua altura é igual à altura na cernelha.
Peito: profundo, chegando pelo menos até o cotovelo. Largo e bem desenvolvido. Costelas bem arqueadas, sem serem arredondadas. Antepeito bem definido.

CAUDA:
Grossa, de inserção média. Seu comprimento deve alcançar o jarrete. Em repouso o porte é baixo, em movimento, portada horizontal o levemente para cima.
Admite-se a amputação entre a terceira e a sexta vértebra.

MEMBROS:
Anteriores:
Vistos de frente são retos e paralelos.
Ombros: angulação escápuloumeral de 90º
Braços: úmero de tamanho igual ao da escápula.
Cotovelos: trabalhando corretamente ajustados rente ao tórax.
Metacarpos: de perfil, levemente inclinados.
Patas: ovaladas, com dígitos fechados, almofadas plantares fortes.

Posteriores:
Musculosos e potentes. De eixos paralelos vistos de atrás.
Coxas: bem desenvolvidas.
Joelhos: Angulação femoro-tibial 110º
Jarrete: firme, de comprimento médio e com a ponta evidenciada. Os ergôs devem ser removidos.
Patas: de gato. Almofadas plantares fortes.

MOVIMENTO:
Fluente, com boa cobertura de solo, sem esforço.

PELE:
Grossa, ajustada e elástica.

PELAGEM:
Pêlo: curto, liso, ajustado ao corpo e com subpêlo. O pêlo longo é desqualificante.
Cor: tigrado ou baios. Permite-se manchas brancas nas seguintes regiões: focinho, parte inferior -do pescoço, antepeito, peito, ventre e parte inferior dos membros.

TALHE:
Altura na cernelha: machos 58 a 61 cm (com tolerância de 2 cm)
Fêmeas 55 a 58cm (com tolerância de 2 cm)
Peso: machos: 38 a 45 quilos
Fêmeas: 33 a 40 quilos

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deverá ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade.
Leves:
Barbela excessiva.
Bochechas proeminentes em excesso
Graves:
Manchas brancas fora das regiões especificadas
Enognatismo maior que 5 milímetros.
Desvio notório das proporciones características.
Ausência de dimorfismo sexual.

FALTAS DESQUALIFICANTES:
Timidez ou Agressividade
Pêlo longo.
Qualquer cor que não sejam as descritas.
Prognatismo
Atipicidade evidente.
Monorquidismo ou criptorquidismo.

As informações foram enviadas e traduzidas por Bruno Tausz.
Original retirado do site: http://www.kcu.com.uy