Saúde Animal

Saude Animal

Saúde Animal

Colie de Pêlo Longo




caes_logo

collieOs fãs de “Lessie” que resolverem adotar um collie não ficarão desapontados com esse leal animal de estimação. Muito dócil, se dá bem com todos os membros da família, principalmente com crianças pequenas.

Diante da impossibilidade de precisar em datas, a origem do collie de pêlo longo deve-se a que, até o século XVIII, esta raça era considerada exclusivamente de trabalho: a pureza era respeitada mas não por isso publicava-se o pedigree. Quando o collie começou a chamar a atenção dos cinófilos, isto é no principio do século passado, estava difundido principalmente na Escócia setentrional. Mais baixo que os exemplares conhecidos hoje, tinha também a cabeça mais curta. Durante uns 50 anos, a raça foi submetido a cuidadosas seleções, até que em 1860 foi apresentada na primeira exposição canina oficial celebrada em solo inglês.

Numerosas hipóteses foram formuladas sobre a ascendência do pastor escocês. Há aqueles que descobrem entre seus antepassados o terranova ou o gordon setter, enquanto que outros o vinculam com o deerhound e o terrier escocês.

O único dado certo é que o collie moderno representa o resultado de longos e cuidadosos processos de seleção: pode-se dizer que a fixação definitiva de caracteres importantes foi alcançada somente em 2885, desde então criadores se limitaram a conservar e a refinar as características da raça.

collierPADRÃO DA RAÇA: – COLIE DE PÊLO LONGO – Bruno Tausz
Padrão FCI nº 156
Origem: Grã-Bretanha;
Nome de origem: Rough Collie;
Utilização: pastoreio.
Classificação FCI – Grupo 1 – Cães Pastores e Boiadeiros (Exceto os Suíços);
Seção 1. – Cães Pastores;

ASPECTO GERAL – expressão inteligente, auxiliada pela proporção paralelismo e formato do crânio e focinho, porte das orelhas, pelagem farta e movimentação fluente e paralela.
– –
TALHE – altura na cernelha: machos 56 a 61cm e fêmeas 51 a 56 cm.
– comprimento: (padrão não comenta).
– peso: de machos 20 a 30 quilos e fêmeas de 18 a 25 quilos.
– –
TEMPERAMENTO – .
– –
PELAGEM – dupla, densa, reta, áspera, com juba abundante; lisa na face e ponta das orelhas, anteriores bem franjados e posteriores com culote. Na cauda bastante abundante.

COR – marta e branco, tricolor e azul merle.
Marta: do dourado claro ao marta escuro.
Branco: no colar, no antepeito, pernas, patas e ponta da cauda, podendo aparecer no crânio e no focinho.
Tricolor: pretos com marcas marrom avermelhado nas pernas e na cabeça.
Azul merle: azul prateado com manchas marmorizadas em preto, preferência com marcas marrons.
– –
CABEÇA – 1:1 – // – cuneiforme, não cinzelada, paralelismo crânio/focinho.
Crânio – chato.
Stop – leve, mas perceptível.
Focinho – pouco profundo, arredondado e rombudo.
Trufa – preta.
Lábios – (padrão não comenta).
Mordedura – em tesoura.
Olhos – tamanho médio, amendoados – ligeiramente castanho escuros, exceto nos azuis: ambos azuis, um só ou particoloridos.
Orelhas – pequenas, inserção alta, moderadamente separadas, em repouso portadas para trás, em alerta 2/3 eretas.
– –
PESCOÇO – moderadamente longo, bem arqueado.
– –
TRONCO – retangular, linha superior com lombo levemente mais alto, largo atrás dos ombros.
Dorso – (padrão não comenta).
Peito – profundo.
Costelas – bem arqueadas.
Ventre – (padrão não comenta).
Lombo – (padrão não comenta).
Garupa – (padrão não comenta).
– –
MEMBROS
Anteriores – retos e moderadamente desenvolvidos.
Ombros – bem angulados.
Braços – .
Cotovelos – .
Antebraços – .
Metacarpos – .
Patas – .
– –
Posteriores –
Coxas – coxas musculosas.
Joelhos – bem angulados.
Pernas – .
Metatarsos – .
Jarretes – curtos.
Patas – ovais, arqueadas, com anteriores levemente mais arqueadas.
– –
Cauda – longa, de comprimento atingindo o nível dos jarretes, portada baixa com ligeira curva na extremidade quando em repouso e alta quando em atividade.
– –
Movimentação – fluente, paralela, anteriores relativamente juntos e posteriores levemente mais afastados.
– –
Faltas – avaliadas conforme a gravidade.
– –
Indesejável – passadas curtas, cruzar na frente ou rolar o corpo na movimentação;
na marcação marta: cor palha claro ou creme;
no tricolor: tom de ferrugem; e no merle; manchas pretas, grandes, cor acinzentado ou tom de ferrugem.

– –
DESQUALIFICAÇÕES – as gerais.
– –
NOTA: os machos devem apresentar dois testículos de aparência normal, bem desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.

Lúcia Helena Salvetti De Cicco
Diretora de Conteúdo e Editora Chefe