Entre para a família Saúde Animal e personalize sua navegação.

 

 


ALCON

Google
 

Criação de Papagaio


Meu nome é Manoel tenho 14 anos e gostaria de saber (detalhadamente) o que o papagaio come, qual é o tamanho do viveiro para o casal e para um só, também gostaria de saber como adestra-lo a falar e a ficar dentro de casa sem cortar a asa dele, eo mais importante como faz para ele não fugir de você enquanto passeia na rua, pois eu vi um que sem estar com a asa cortada estava no ombro de uma pessoa, e se tamém esiste brinquedo p/ papagaios???

 

Manoel

Manoel,
Essa é uma boa pergunta, o que o papagaio come? Ele come o que damos a ele de comer. Talvez devessemos perguntar o que devemos dar para um papagaio comer e ter uma vida saudável. Esse princípio se aplica também ao ser humano. O que come uma pessoa em um domingo de sol? Provavelmente hamburguer, pizza, cachorro quente e um bom sorvete no shopping center mais movimentado da cidade. Isso não significa que seja a melhor comida para uma vida saudável (certamente é a mais gostosa). Mas voltando ao papagaio, muitas pessoas dão café com pão, muita semente de girassol, doces e outras coisas não ecomendadas. É ainda muito discutível o que estas aves devem comer. Elas devem comer sim uma dieta balanceada. Uma dieta balanceada seria alimento peletizado (tipo ração de cachorro), mas ainda não existe ração peletizada para papagaios, que possa ser comprada com facilidade em supermercados ou casas do ramo. Existem rações que são misturas de sementes, mas os papagaios podem escolher as sementes que preferem. Assim, deixa de ser balanceada. De qualquer maneira essas rações para papagaios são um bom começo. Você pode dar ao seu papagaio pela manhã alimentos que ele não gosta muito, mas que é bom para a saúde da ave. Pela manhã ele está com mais fome e vai "encarar" alimentos não tão apetitosos para o gosto dele. Assim, você pode dar pela manhã e almoço verduras e legumes, tipo pequenos pedaços de brócolis, couve-flor, cenoura, broto de feijão, batata-doce cozida, feijão cavalo cozido, lentilha cozida, ervilha cozida, grão-de-bico cozido, também milho cozido ou milho em espiga e arroz cozido sem sal. Os alimentos em grãos precisa ser amolecidos na fervura por uns 20 a 30 minutos; não precisa cozinhar por longo tempo. Dar também alguns pedacinhos de frutas, tipo banana, mamão, goiaba, kiwi, uva, maçã e outras que ele gostar (não precisa dar todas as frutas no mesmo dia). Pode dar ainda um pedacinho de pão integral (sem manteiga ou margarina). O importante é que você dê um pouquinho de cada coisa. Se der muita fruta, a ave vai comer só isso e não vai querer os outros alimentos. Outra coisa importante é que demora tempo para se acostumar com novos alimentos (talvez um mês ou meses, porém não desista). As frutas fornecem vitaminas hidrosolúveis (do complexo B), vitamina C e carboidratos (açucares). São
ricas em água e fibras também. As verduras são importantes fontes de fibras e vitaminas, como a vitamina A (principalmente verduras de cor verde escura, vermelha ou laranja - p.ex. cenoura). Os legumes (feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico) são importantes fontes de proteínas e portanto, necessárias. O milho é importante fonte de calorias. Para suprir proteína animal (aminoácidos essenciais) e cálcio (importante para os ossos), você deve dar umas 3 vezes por semana um pedacinho de carne de frango assada ou bem cozida (se der com osso melhor, que retiram o cálcio e ferro do osso e medula óssea), ovo cozido, queijo do tipo minas ou frescal, yogurte. Algumas pessoas podem achar estranho dar esses tipos de alimentos, mas desde que seja em quantidade correta são importantes para o equilíbrio de nutrientes. Se seu papagaio aprender a comer ração de cachorro, você pode dar uns 2 ou 3 peletes dia sim, dia não. À tarde você pode dar aquela ração para papagaios a base de sementes ou pode dar um pouquinho de cada coisa: sementes de girassol, amendoim sem casca (2 ou 3 grãos por dia), soja em grãos (importante: tostada no forno, não dar soja crua), trigo em grãos e aveia em grãos. Outros alimentos saudáveis podem ser incluídos no cardápio.


O importante é que a ave aprenda a comer os diversos alimentos citados. Se for necessário, pode suplementar a comida com um suplemento vitamínico-mineral e aminoácidos. Este suplemento, se for líquido, pode ser colocado no pão com mel para melhorar a palatibilidade. Ou ainda, pode ser feita uma papinha de Neston com frutas, que ele vai se deliciar. O bom é que todo os alimentos aqui citados podem ser encontrados com certa facilidade nos supermercados. Lembre-se de manter a higiene dos alimentos e comedouros. Não esqueça de dar água fresca ao seu papagaio todo dia. Com uma boa dieta ele vai ficar bonito e ter vida longa e saudável.

Quanto ao tamanho do viveiro, depende de qual a condição que você vai manter suas aves. Se confinadas, o viveiro deve ser grande o suficiente para permitir o vôo, tipo 2 m x 3 m x 2,5 a 3 m de altura. Se você deixa os papagaios presos somente à noite, então essas gaiolas de tamanho médio para papagaios encontradas nas lojas, são adequadas. Proteja-as do frio e chuva. Existem brinquedos para papagaios, mas poucas lojas especializadas dispõem desses artigos. O que suas aves precisam é da sua atenção e de novidades. Se você dá atenção a elas e faz com que a rotina delas não seja a mesma, isso substitui os brinquedos.
Para garantir que não vão voar em ambientes abertos, é recomendável cortar as penas de uma das asas. Isso deve ser feito por alguém que sabe a maneira correta, caso contrário a ave cai frequentemente ao chão e se machuca. Ao sair com a ave à rua deve ter em mente riscos. Pode acontecer da ave se assustar e acidentar-se (por atropelamento ou voar até uma casa que tenha um cachorro). Se a asa não for aparada o risco é maior. Lembre-se também que ter animal silvestre é ilegal, portanto, recomendo que regularize sua ave junto ao IBAMA. O treinamento de papagaios é possível por pessoas capacitadas. Creio que existem pouquíssimas pessoas no Brasil com profundo conhecimento de comportamento e treinamento de papagaios. Ensinar um papagaio a repetir palavras não é tarefa fácil. Muitos deles nunca aprendem a "falar". Depende de cada ave. Uma das recomendações é que apenas uma pessoa ensine a ave a "falar", de preferência pessoa de voz mais para o
agudo (tipo voz de mulher).

Você é responsável pela saúde e bem estar da sua ave. Trate-a com carinho e responsabilidade.

Dr. Zalmir Silvino Cubas

Diretor do Parque das Aves Foz Tropicana

Foz do Iguacú - SP

CONDIÇÕES DE USO DE IMAGENS E TEXTOS


Copyright®1997/2014 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98. Política de Privacidade e Segurança



Saúde Vida On line