linha


linha


Entre para a família Saúde Animal.

linha

Entre e faça uma homenagem ao seu amigo.


CONDIÇÕES DE USO DE NOSSAS IMAGENS E TEXTOS

ALCON

Google
 
Logo Cães

Curva Etária Comparativa entre o Homem e o Cão

Cris-filhote.jpg (14987 bytes) Ambos, homem e cão, nascem com zero dias. Assim o nosso ponto de partida será o zero mas, antes disso, vamos falar rapidamente sobre a concepção, gestação e parto.

    A concepção canina acontece entre o décimo e o décimo terceiro dia do cio da cadela, a contar da primeira gota de sangue decorrente do estro, quando não há mais sangramento. No ser humano, a concepção ocorre durante o período fértil que é o intermediário entre as menstruações. A freqüência normal do estro canino é semestral, enquanto que nos humanos é mensal. O período de duração da gestação canina é de nove semanas, o da humana é de nove meses.

Ninhada mamando.jpg (16946 bytes)Já, por ocasião do nascimento, começam as diferenças perceptíveis do desenvolvimento entre humanos e caninos.

Logo após o nascimento, os caninos, antes mesmo de abrirem os olhos e os ouvidos, conseguem, arrastando-se, encontrar as tetas da mãe, pelo faro. Em cerca de três minutos, já estão se alimentando por conta própria. Tanto as parturientes quanto os bebês humanos, necessitam de ajuda externa para o parto ou para as primeiras mamadas.

Filhotes samoieda.jpg (16566 bytes) Aos dez dias os cachorros (filhotes de cão) começam a abrir seus olhos e ouvidos. A esta altura, já estão caminhando, com dificuldade, mas caminhando. Os bebês humanos, ao contrário, abrem seus olhinhos bem antes, porque a visão lhes é, dos sentidos, o mais importante. Para conseguirem caminhar (engatinhar) entretanto, só aos seis meses.

Aos vinte e dois dias os dentinhos e as unhas dos filhotes começam a espetar e arranhar as tetas da mãe e, em razão disso, ela começa a evitar que eles mamem. Até esse momento as mães limpam seus cachorros lambendo os excrementos que, pela dedicação, devem ser deliciosos. O desmame, quando não iniciado pelo humano, é feito pela regurgitação dos alimentos, já mastigados e mesclados com a saliva materna, facilitando dessa forma a digestão. Para os humanos isto é porcaria, por isto oferecem aos cachorros a ração desmame que, afinal, é a mesma coisa. Os primeiros dentinhos do bebê humano nascem por volta dos quatro meses.

As fêmeas caninas parem uma ninhada de, em média, seis filhotes. Gêmeos humanos são uma raridade. Quando atingem a idade de trinta e cinco dias os caninos já ensaiam as primeiras brincadeiras de luta, que os torna muscularmente aptos a sobreviver (quando na floresta). Entre os humanos, as crianças ensaiam essas brincadeiras de luta no "jardim de infância"... e sofrem o primeiro revés da natureza humana: tem uma Tia que castiga quem "briga". Aí os pais têm que pagar um curso de judô ou caratê, aí fica oficializada a porrada.Cris-Banho.jpg (15304 bytes)

Em torno dos quatro meses e meio se inicia a segunda dentição da espécie canina. Caem os dentes decíduos (de leite) e germinam os dentes da dentadura definitiva. Nos humanos, isso acontece por volta dos seis para os sete anos.

É a fase da vida mais importante para os caninos. É o período de "imprinting", ou seja, da implantação do código de ética, portanto crucial na formação do caráter. Esse período vai até os seis meses quando termina a segunda dentição e se inicia a adolescência.

    Nessa fase, o cão que apanha surras para aprender vai sedimentar um sentimento que, dependendo do temperamento (bagagem genética), poderá se submeter totalmente, tornando-se um cão tímido de companhia desagradável ou agressivo e de companhia insuportável. Corresponde, no humano, ao período compreendido entre os oito e os treze anos, quando começa a adolescência.

    A adolescência canina vai, para os cães de grande porte, dos cinco meses e meio aos quatorze meses e, nos de pequeno porte, até os doze. É o período em que o cão cresce desordenadamente, se torna desajeitado e, no qual, se processam as grandes mudanças de comportamento. A humana vai dos treze aos vinte anos.

    A juventude canina tem, relativamente, um tempo maior do que a humana. Para os cães de pequeno porte como o poodle, pinscher, beagle etc. vai dos doze aos trinta e seis meses (3 anos). Para os cães de grande porte vai dos quatorze aos vinte e quatro meses (dois anos). Entre os humanos dos vinte aos trinta anos, aproximadamente.

Aula_05.jpg (25951 bytes)O período mais longo tanto para os humanos quanto para os caninos é a maturidade que vai desde os três até os oito anos, início da terceira idade. Entre os humanos dos trinta aos sessenta e cinco anos.

    É a fase da vida, tanto para os cães quanto para os homens na qual, passada a fase do aprendizado lecionado, se adquire e se acumula a experiência. Os cães que tiveram uma adolescência com fartura de amor e carinho e que tiveram pais humanos com paciência suficiente para explicar as regras do nosso comportamento, conseguem ter uma leitura do mundo mais amigável e, certamente, serão menos agressivos e de convivência mais agradável. Essa experiência jamais cessa de ser acumulada, mesmo entre os humanos. Michelangelo, o grande pintor, escultor e arquiteto italiano do Renascimento, disse ao morrer: "É uma pena... ainda tenho tanta coisa que aprender..."

    Com os cães, a convivência dos idosos com filhotes traz uma renovação vital inacreditável. Eu mesmo tive uma experiência fantástica!

    Tenho ainda hoje um poodle, o Kiko, que está com treze anos... ele era de minha ex-mulher. Quando nos separamos ele começou a definhar, praticamente desistindo de viver... Já não ligava mais para as brincadeiras de jogar e apanhar a bolinha que ele tanto gostava. Vivia prostrado num canto.Etza c bebê.jpg (14473 bytes)

    Ainda raciocinando com a filosofia americana de descarte de coisas e pessoas inúteis eu o coloquei no canil.

    Que incrível surpresa! Em contato com os cães mais jovens, ele voltou a correr, pular e aceitar a brincadeira deles. Hoje, ele não quer mais saber de voltar a conviver comigo dentro de casa. Todos os dias ele sai para passear com a "turma da pesada" e se envolve nas brincadeiras como se jovem fosse.

    Todas as pessoas que possuem um cão da Rambo VT.jpg (16737 bytes)terceira idade deveriam procurar adquirir um filhote para que, tanto o idoso possa se renovar, quanto a sua experiência possa ser transferida para o filhote. É por isso que uma das imagens mais dignas que temos da nossa cultura oral é a da vovó sentada numa cadeira de balanço contando estórias para seus netinhos...

[Eu e Rambo, 13 anos]Vovô e Vovó.jpg (16342 bytes)

Muitas vezes pensamos que sabemos o que é melhor para os nossos cães... mas, na realidade, muitas vezes não sabemos nem o que é melhor para nós mesmos.

[Minha mãe e meu pai]

 

Bruno Tausz
Etólogo

Presidente do Conselho de Cinologia da CBKC
Árbitro de Todas as Raças



Copyright®1997/2011 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98. Política de Privacidade e Segurança



Anuncio160x240


Saúde Vida On line