ALCON

Google
 

Estação de Monta (EM)

 

Estação de Monta é um período pré determinado para o acasalamento entre vacas e touros, utilizado em pecuária de corte.
É a primeira medida a ser implantada numa fazenda interessada em alcançar elevada produtividade. As vantagens são:

  1. Concentração dos trabalhos de monta e inseminação artificial (IA).
  2. Concentração da estação de nascimentos.
  3. Concentração da estação de desmama.
  4. Concentração da terminação.
  5. Maior pressão de seleção na fêmeas.
  6. Racionalização da mão de obra.
  7. Concentração dos trabalhos de marcação, mochação e castração.
  8. Programação de vendas de bezerros ou bois acabados.
  9. Previsão da quantidade de animais a serem comercializados.

Deve ser implantada no momento de maior oferta de alimentos, ou seja, nas águas, uma vez que o cio depende do aporte nutricional das fêmeas.

A EM deve ser implantada inicialmente com no máximo 180 dias e, diminuir anualmente 30 dias, desde que o índice de fertilidade se mantenha, até atingir 90 a 75 dias . Terminada a Estação de Monta, os touros são separados das vacas, e só voltam ao acasalamento na próxima EM. É aconselhável que se faça o diagnóstico de gestação durante a EM, para separar as vacas gestantes e remanejar os touros para outros lotes de vacas.

A duração da EM de novilhas deve ser sempre 30 dias menor que a das vacas, iniciando 30 dias antes e terminando também 30 dias antes da das vacas.

O estabelecimento da EM desta forma, permite uma pressão de seleção maior sobre a fertilidade das fêmeas e consequentemente diminuição do período de serviço (período que vai do parto até a próxima concepção) e aumento da eficiência reprodutiva. Esta seleção deve seguir um esquema de descarte, baseado na seguinte proposta:

  1. Descarte de todas as novilhas que saírem vazias da EM.
  2. Descartar todas as matrizes que ficaram vazias por dois anos consecutivos ou não.
  3. Descartar todas as matrizes velhas (+ de 10 anos)
  4. Descartar todas as matrizes com defeitos de genital ou não.
  5. Descartar matrizes com baixa habilidade materna ( produziu pouco leite, desmamou bezerro leve, criou mau o bezerro, injeitou o bezerro, etc.).
  6. As vacas que saírem vazias da EM e escaparem desta triagem, são entouradas na próxima EM e têm 30 dias para emprenharem. Caso contrário são descartadas.

A EM das novilhas é mais curta, para dar chance para ela, agora vaca de 1ª cria, se recuperar para a próxima EM, uma vez que ela ainda está em crescimento. A pressão de seleção também deve recair sobre os touros, uma vez que se eles forem inférteis ou subférteis, a eficiência reprodutiva do rebanho diminui.

Se a EM começa em janeiro, deve-se fazer um exame andrológico detalhado nos touros em julho e em setembro, para eliminar os animais problema. Procedendo desta forma, teremos um perfil clínico do touro o que vai determinar a "taxa de entouramento", ou seja, o nº de vacas por touro, que pode chegar a 80 / 1.

Dr. Paulo de Tarso Nammur Med. Vet.
Especialista em Bovinocultura EMATER - MG / ITUIUTABA

Versão para imprimir

CONDIÇÕES DE USO DE IMAGENS E TEXTOS


Copyright®1997/2011 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98. Política de Privacidade e Segurança



Saúde Vida On line


Entre para a família Saúde Animal e personalize sua navegação.