ALCON

Google
 

Febre Maculosa:
Uma  doença  que  pode  levar  humanos  e  animais  à  morte.

 

A Febre Maculosa é uma doença febril aguda, de gravidade variável, causada por uma bactéria transmitida por carrapatos. A Febre Maculosa é uma zoonose, ou seja, uma doença que ataca homens e animais (entre eles, o cão) e pode levar seres humanos e animais à morte.

Essa doença provém de uma bactéria chamada Ricketsia rickettsii .

Quem "carrega" (vetor) essa bactéria é o carrapato, mais especificamente o da espécie Amblyoma cajannense , também conhecido como "carrapato-estrela", "carrapato-de-cavalo" ou "rodoleiro". Outros carrapatos são apontados também como vetores na literatura científica em outros países.

As fêmeas de carrapatos podem pôr de cinco mil a oito mil ovos antes de morrer, e os carrapatos infectados pelas bactérias irão transmitir a doença.

Diversos outros animais ajudam a manter o ciclo da doença. Isso se aplica aos animais de companhia, como cães e gatos, aves domésticas (galinhas e perus) e outros mamíferos, como cavalo, boi, carneiro, cabra, porco, veado, capivara.

• Como ocorre a transmissão da doença.

A Febre Maculosa é transmitida pelo carrapato infectado. A partir de quatro a seis horas (depois da fixação do carrapato) a doença já pode ser transmitida.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os "carrapatinhos" ou "micuins" são as larvas do mesmo carrapato-estrela, e não necessariamente de outra espécie de carrapato. Da mesma forma, os "vermelhinhos" são as ninfas (formas intermediárias do ciclo de um mesmo carrapato). O homem é intensamente atacado nas fases de larvas e ninfas que podem transmitir a Febre Maculosa .

Após a picada pelo carrapato infectado, existe um período de incubação da doença, que pode durar de 2 a 14 dias. Há inúmeros relatos de mortes em várias cidades do Estado de São Paulo e outras regiões do Brasil.

• Principais sinais e sintomas da Febre Maculosa no homem.

A doença começa subitamente com a presença de febre alta, dores de cabeça e dores musculares. Geralmente no quarto dia, surgem manchas róseas nas extremidades, em torno do punho e do tornozelo, tronco, face, pescoço, palmas das mãos e solas dos pés.

Alguns casos podem ser extremamente graves, ocorrendo necrose (morte) de tecidos. Nota-se inchaço das pálpebras e rosto, bem como das pernas, que apresentam aparência brilhante. Tosse e queda de pressão são freqüentes.

Um dos problemas mais graves no diagnóstico da Febre Maculosa está na semelhança dos seus sintomas iniciais (febre, dor de cabeça, etc.) com os de outras doenças mais comuns, como a gripe. Isso faz que as pessoas muitas vezes não procurem o tratamento adequado no início do processo e a doença evolua para um quadro mais grave. Cerca de 80% dos indivíduos com forma grave, se não diagnosticados e tratados a tempo, evoluem para óbito.

Diante desses sintomas associados a um histórico de contato com carrapatos, procure um serviço médico imediatamente, e não deixe de comunicar que pode ter sido picado por carrapatos.

O tratamento se faz com antibióticos, além de outros cuidados por causa de possíveis complicações, principalmente renais, neurológicas e pulmonares.

• Como minimizar o risco de transmissão da Febre Maculosa.

Cães e gatos são animais extremamente propícios à infestação por carrapatos, mantendo esses parasitas no ambiente doméstico.

É impossível exterminar definitivamente os carrapatos, visto que eles podem ser trazidos por roedores e aves e ter um ciclo muito longo. O carrapato é um parasita extremamente resistente ao ambiente. Um único carrapato pode sobreviver por até dois anos, desenvolvendo seu ciclo.

Esteja sempre atento quando visitar locais propícios à existência de carrapatos, como sítios, fazendas, jardins, etc. Hoje em dia, com a maior proximidade dos animais nos lares e a constante realização de passeios em locais infestados, as pessoas correm mais riscos de se infectar, se não houver um programa de controle adequado.

Mantenha sempre os seus animais de estimação protegidos com FRONTLINE® , pois, mesmo que o carrapato se fixe, ao entrar em contato com o produto, será morto. A utilização mensal de FRONTLINE® diminui o risco da transmissão da doença, já que mata os carrapatos rapidamente. Além disso, é um produto extremamente seguro, tanto para animais quanto para seres humanos.

FRONTLINE® é o produto mais recomendado por Médicos Veterinários e um dos mais utilizados no mundo para controle de carrapatos em cães e gatos.

É importante salientar que FRONTLINE® não é repelente. Ou seja, ele permite que o parasita suba e seja eliminado no próprio animal. Produtos repelentes podem fazer com que o carrapato vá buscar alimento (sangue) em outros animais ou mesmo nos seres humanos, infectando-os.

Diminuir ao máximo a possibilidade de os carrapatos sobreviverem nos animais é uma das maneiras mais eficazes de manter a segurança de seu animal de estimação e de sua família.

• Cuidados para proteger você e seu pet:

Nunca esmague com as unhas nem queime um carrapato para removê-lo da pele, pois isso pode liberar as bactérias transmissoras da febre maculosa. Retire-o com calma com uma pinça, girando-o lentamente.

Evite caminhar com seu pet em áreas sabidamente infestadas por carrapatos em sítios e fazendas. Se o fizer, vista calça comprida com a barra por dentro das botas e lacre a borda com fita adesiva. Vista roupas claras para facilitar a visualização de carrapatos e faça uma inspeção ao retornar desses passeios.

Caso você ou alguém de sua família seja picado por carrapato e comece a apresentar algum sintoma, como febre alta ou dor de cabeça, informe imediatamente seu médico.

Faça aplicação mensal com FRONTLINE® em cães e gatos para minimizar o risco da transmissão de doenças e assim protegê-los.

FONTE: Merial - www.merial.com.br

Versão para imprimir

CONDIÇÕES DE USO DE IMAGENS E TEXTOS


Copyright®1997/2014 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98. Política de Privacidade e Segurança



Saúde Vida On line


Entre para a família Saúde Animal e personalize sua navegação.