Saúde Animal

Pavãozinho-do-Pará

Nome Comum: Pavãozinho-do-pará
Nome Científico: Eurypyga helias
Alemão: Zonneral
Inglês: Sunbittern
Francês: Caurale soleil
Espanhol: Tigana
Surinamese: Sonfowru
Caribe: Akere
Arowak: Oenikoeja
Reino: Animália
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrado
Classe: Aves
Ordem: Gruiformes
Família: Eurypydae
Gênero: Eurypyga
Espécie: Eurypyga helias
Tamanho: 46-53 cm (18-21 inch)
Número de filhotes: 2 ovos vermelhos cehios de pintas
Período de Incubação: 4 semanas

Habitat: Florestas tropicias, pântanos Arborizados, floresta úmida ao longo de fluxos. Planícies acima de 1800 metros
Distribuição geográfica: Florestas tropicais das Américas Central e do Sul

Quando as asas do pavãozinho-do-pará estão dobradas, vêem-se apenas suas plumas azul-noite granjadas de vermelho. Quando ele as abre, durante o ritual da corte ou para intimidar um intruso, o espetáculo é magnífico: sobre cada asa, uma malha de cor de fogo, sublinhada de preto e dourado, ressalta sobre o fundo azul-noite. Além disso, a cauda é listrada de laranja e negro e a cabeça enfeitada por quatro riscas brancas.

Esta ave é encontrada nas florestas tropicais das Américas Central e do Sul. Seu corpo é alongado, a cabeça delicada, o bico pontudo e as pernas compridas e alaranjadas.

Ele contrói o seu ninho nas árvores, o que é raro entre as aves do seu grupo. O ninho é um amontoado de fibras e musgo ligados com lama. os filhotes desenvolvem-se rapidamente e com dois meses atingem o tamanho adulto.

 

Lúcia Helena Salvetti De Cicco
Diretora de Conteúdo e Editora Chefe

 

Copyright®1997/2010 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98