menu_zoo Outros Vermes Répteis Protozoários Primatas Poriferos Peixes Moluscos Miriápodes mamífeors Insetos Felinos Fauna Brasil Equinodermos Crustáceos Celenterados Aves Aracnídeos Anfíbios Ameaçados Acrânios


ALCON

Google
 

Perípato

Nome Comum: Perípato
Nome em ingles: VELVET WORMS
Nome Científico: Peripatus
Filo: Arthropoda
Classe: Onychophora
Família: Peripatidae

Característica física: Os perípatos apresentam um corpo alongado, provido de vinte pares de pernas, ou melhor, cotos de pernas. Essas pernas são quase tão grossas quanto compridas, não são articulas e formam pequenas espirais recobertas de pele seca e granulosa. A cabeça tem duas antenas que, como todo o corpo, são recobertas de pêlo e constituem os órgão de tato e paladar.
Repordução: Seu modo de reprodução é bem original: o macho deposita uma cápsula de esperma em qualquer ponto do corpo da fêmea e, em seguida, o sistema sangüíneo da fêmea atravessa a pele até esse ponto, permitindo assim o encontro do espermatozóide com os óvulos. São animais que apresentam os dois sexos, macho e fêmea. A determinação do sexo pode ser feita através da contagem dos “pés lobados”, pois os machos possuem de 24 a 26 pares, e as fêmeas de 26 a 28 pares de lobópodos.
Alimentação: O perípato é um carnívoro noturno. São animais que se alimentam de insetos e aranhas, com uma interessante estratégia alimentar e de defesa, que consiste na imobilização da presa através de um jato de muco, produzido por um par de glândulas adesivas e lançado por duas papilas orais localizadas ao redor da boca. A secreção endurece quase que imediatamente, envolvendo a presa em uma rede de filamentos adesivos. Seu prato preferido é os térmites (Reticulitermes lucifugus - vulgarmente conhecidas por formiga branca).
PeripatoComprimento: 2.5 a 7.5 cm

Habitat: habita cavidades naturais do solo onde predomina grande umidade, com claridade muito fraca ou nula e uma temperatura constante inferior a 20ºC. São encontrados a uma profundidade de aproximadamente 30cm em locais úmidos, sob uma cobertura vegetal que propicia um sombreamento adequado.

As diversas espécies de perípatos são encontradas nas florestas tropicais úmidas. Devido a estrutura primitiva de seu aparelho respiratório, eles são extremamente sensíveis à desidratação.

O perípato é um descendente um pouco modificado do animal que, há centenas de milhões de anos, constitui o intermediáio entre os anelídeos e os miriápodes.

Sabe-se que o perípato possui um mecanismo de defesa que é, no mínimo, curioso. Ao sentir-se ameaçado, expele uma substância que, em contato com o ar, transforma-se numa teia viscosa e grudenta que adere ao predador. Enquanto este se limpa, o perípato bate em retirada.

Lúcia Helena Salvetti De Cicco
Diretora de Conteúdo e Editora Chefe

Versão para imprimir

 

CONDIÇÕES DE USO DE IMAGENS E TEXTOS


Copyright®1997/2014 - Comercial De Cicco. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98. Política de Privacidade e Segurança




Sa�de Vida On line


Entre para a família Saúde Animal e personalize sua navegação.